Ambiente FPS: seu ambiente de aprendizagem colaborativa.

5 dicas para você compartilhar seu conhecimento e lucrar com isso.

Quer saber como compartilhar seu conhecimento na Internet e lucrar? Vou dar-lhe dicas de como fazer isso! Para começar, você sabe que nome se dá à atividade de compartilhar conhecimento de forma remunerada? Chama-se Docência Independente que, segundo o 20º Congresso Internacional de Educação a Distância, “Docente Independente é todo profissional que leciona cursos on-line de sua autoria sem vínculo educacional de terceiros.” Como o meio que utilizaremos será a Internet, chamaremos de docência independente virtual, ou, simplesmente, docência virtual.

Qualificações para docente virtual.

Você tem ideia de quais seriam as qualificações mínimas necessárias para desenvolver essa atividade? Veja a seguir:

  • Qualificação técnica para o tema que irá explorar;
  • Planejamento pedagógico adequado do assunto a ser desenvolvido;
  • Conhecimento das técnicas de mediação pedagógicas para interação, forma de escrever, gravar vídeos, etc.;
  • Uso adequado das tecnologias disponíveis; e
  • Noções de Marketing

 

Agora que você já sabe quais são as qualificações mínimas necessárias, vamos conhecer um pouco cada uma delas?

  • Qualificação técnica sobre o tema que irá explorar.

Já mencionei as principais qualificações para você se tornar um docente independente. Agora, começarei a explorar cada uma delas para que você possa realizar seu sonho, compartilhar seu conhecimento e lucrar com isso. Vou tratar da primeira das cinco qualificações citadas: A qualificação técnica sobre o tema que irá explorar.

Se você já pensou em compartilhar seu conhecimento, você já deve ser dotado da qualificação necessária e, talvez, ainda não saiba, bastando apenas desenvolver ou melhorar alguns detalhes. Antes, porém, vamos ver o que é isso.

Qualificação técnica nada mais é do que sua expertise em determinado assunto. Significa você demonstrar conhecimentos intelectuais e vivência em algo que domine e nele se destaque. Representa seu saber e prática no trabalho, estudo ou passatempo. Isso mesmo! Você exerce uma profissão, contudo, ama realizar outra atividade pela qual se distingue? Explore este conhecimento e compartilhe!

Porém, antes de compartilhar, mantenha suas fontes atualizadas e facilite o acesso de seu futuro público para eventuais dúvidas e questionamentos. Em outra oportunidade, falarei sobre como você poderá executar isso!

 

  1. O planejamento pedagógico adequado do assunto a ser desenvolvido.

Anteriormente, falei sobre a qualificação técnica que nada mais é do que sua expertise em determinado assunto! Agora, falarei sobre outra qualificação: O planejamento pedagógico.

Para que serve e o que é isso? Para ser bem-sucedido na aprendizagem virtual é necessário saber antecipadamente as atividades e o que se pretende desenvolver; convém evitar improvisos e “sustos” que possam comprometer sua docência.

O planejamento escolar é previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB) e deve ser elaborado sempre de forma detalhada e, preferencialmente, por uma equipe multidisciplinar. Segundo Maura Barbosa, consultora de Gestão Escolar, “O planejamento nasce a partir do estabelecimento de metas e de objetivos que a escola deseja alcançar. Ele é um momento importantíssimo para a construção de conhecimento sobre gestão e didática, articulação com a comunidade, constituição de uma equipe colaborativa e qualificação das ações”.

Para você que vai compartilhar seu conhecimento é de suma importância prever cada detalhe ao longo do desenvolvimento do seu conteúdo, desde o acolhimento no seu ambiente virtual até o acompanhamento de seus alunos depois da conclusão do aprendizado, pelo menos até o final de seu curso. Isso inclui quando e como irá disponibilizar seus textos, vídeos, interações, avaliações e outros recursos que vai utilizar com o objetivo de desenvolver seu conteúdo.

O mais importante é lembrar-se do momento a se pensar em cada detalhe para seu aluno. Sem um planejamento pedagógico adequado não haverá sucesso na sua atividade!

 

  1. Mediação pedagógica.

Planejamento Pedagógico, conforme já visto, nada mais é do que o momento a se pensar em cada detalhe para seu aluno, de forma organizada e registrada.

Agora, trataremos de outra qualificação relevante à sua docência virtual: A Mediação pedagógica. Você tem ideia do que seja? Não? Vou deixar claro!

Muitos de nós estudamos na época da escola tecnicista, em que o professor transmitia o conteúdo e o aluno deveria assimilar tudo de maneira passiva. A participação do aluno era quase inibida, tanto pelo professor – que não “queria ser interrompido no raciocínio”–, quanto por outros alunos – que consideravam os perguntadores como “inconvenientes, ‘aparícios’ ou simplesmente burros”.

Pois bem, vivemos em uma escola diferente, ou, ao menos, tentamos praticar isso. Hoje, buscamos uma maior participação do aluno, e este, por sua vez, quer participar, quer produzir algo e mostrar seu trabalho!

Mediação pedagógica, segundo Marcos Masetto, no livro Mediação pedagógica e o uso da tecnologia, significa a atitude e o comportamento do professor que se coloca como um facilitador, incentivador ou motivador da aprendizagem, que ativamente colabora para que o aprendiz alcance seus objetivos.

Diferentemente da escola tecnicista, atualmente temos de desenvolver a capacidade de lidar com o desafio de trabalhar como mediadores da aprendizagem de nossos alunos, a fim de que eles estejam sempre motivados e possam aprender de forma colaborativa com o professor e com os demais alunos.

Chamo de desafio, já que no ensino virtual conhecer as necessidades e expectativas dos alunos requer muita habilidade do professor em acompanhar cada aluno.

Na mediação você deve saber: como dispor, escolher e construir seu material didático; aplicar as técnicas de ensino no mundo virtual para proporcionar a interação do seu aluno com o material e com os demais alunos; escolher a melhor avaliação a aplicar; e como melhorar o processo cada vez que encerrar suas atividades de compartilhamento. Afinal, você não vai querer fazer isso uma única vez, certo? Fazer novamente da mesma forma não terá a mínima graça para você e para os novos alunos! Sempre devemos incluir melhorias e novidades!

Em suma, mediação pedagógica é você, enquanto professor, mostrar a habilidade de construir o conhecimento de forma colaborativa com o aluno.

 

  1. Qualificação para usar as tecnologias disponíveis.

Falei sobre mediação pedagógica que, em suma, é você, enquanto professor, mostrar a habilidade de construir o conhecimento de forma colaborativa com o aluno.

Agora, falarei sobre as qualificações para usar as tecnologias disponíveis. Antes, porém, você sabe definir tecnologia? Isso é a novidade que tanto se ouve falar? Quais as disponíveis? Como usá-las? Existem as melhores?

Antes de responder a essas perguntas, peço-lhe que assista ao vídeo abaixo:

Embora ficção, nossas crianças já nascem “preparadas” para utilizar os diversos meios tecnológicos digitais. Eles serão nossos futuros alunos e, não fique achando que os atuais estão muito diferentes! Jovens e adolescentes praticamente dominam esses recursos de maneira fácil.

Bem, o que é tecnologia? Nada mais é do que o meio que você vai utilizar para transmitir seu conteúdo. Um bom e velho quadro-negro, um livro didático, uma televisão, um computador, tudo isso é tecnologia. Perceba que desde sempre o docente precisava dominar o uso da tecnologia. A mudança para o cenário atual é que praticamente todas estão disponíveis e quase ao mesmo tempo. Para dificultar um pouco mais sua vida, diversas tecnologias possuem desdobramentos e ferramentas, estas, por sinal, podem acabar de surgir ao final da leitura desta postagem! Pode isso?

Claro que pode, e deve! Para isso, você tem de estar preparado para usá-la adequadamente a fim de desenvolver seu conteúdo. Existe forma adequada? Claro que sim! Tudo vai depender de você conhecer as tecnologias disponíveis no momento e que possam ajudá-lo a desenvolver seu conteúdo, ou parte dele.

 

  1. Marketing Digital

Falei sobre a habilidade de lidar com a tecnologia e agora falarei sobre um ponto fundamental e, muitas vezes, ignorado por muitos que se lançam neste desafio de compartilhar conhecimento: o Marketing Digital. Mas o que é isso? Segundo Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, Marketing Digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa on-line com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca.

Vamos por partes para não nos perdemos, como eu no início, o.k.? Atrair novos negócios: se você pretende colecionar borboletas, faça com que elas cheguem ao seu jardim! Não aja como um doido, com uma rede na mão, a esmo, caçando as pequenas em pleno voo. Faça com que elas venham até o seu jardim! Se quer que elas pousem, plante flores para atraí-las. (Há um poema de Mário Quintana com este tema, talvez fosse bom fazer referência a ele).

Criar relacionamentos: sua borboleta tem de estar envolvida com seu jardim, ela deve saber que sempre haverá algo bom ao voltar a ele, algo de que ela precise ou algo que ela não possa perder. Faça sua borboleta pertencer ao seu jardim!

Desenvolver a identidade da marca: seu conhecimento tem grande valor e deve estar associado à sua imagem, que pode ser um logo ou simplesmente sua foto. Ela deve transmitir credibilidade e outros conceitos que pretenda associar ao conhecimento que planeja compartilhar. Voltando às borboletas, elas devem saber, ao visualizar suas flores, quais tipos de seivas vão encontrar e ter certeza de que não devem temer nada ao pousar no seu jardim.

Na prática, você deve saber oferecer seu compartilhamento ao público certo de forma que ele possa estar sempre em crescimento.

Bem, dei diversas dicas a você que deseja compartilhar seu conhecimento e quer lucrar algo por isso! Se quer saber mais sobre planejamento pedagógico, técnicas de mediação pedagógica para interação e formas adequadas às tecnologias disponíveis, clique no link abaixo e saiba como participar de nossa sala de aprendizagem colaborativa em docência virtual. Em nossa sala há dicas e atividades exclusivas que vão proporcionar a você as melhores condições de compartilhar seu conhecimento.

Clique aqui para saber as condições de participação na sala de aprendizagem colaborativa em docência virtual.

Em breve, contaremos também com uma sala de aprendizagem colaborativa em Marketing Digital, aguarde!

Se ainda houver alguma dúvida ou deseje outros esclarecimentos, deixe seu comentário ou envie um e-mail para ambientefps@gmail.com ou uma mensagem pelo WhatsApp (21) 992962682

 

Referências

MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete mediação pedagógica.Dicionário Interativo da Educação Brasileira -Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: <http://www.educabrasil.com.br/mediacao-pedagogica/>. Acesso em: 27 de dez. 2017.

http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1381-8.pdf

https://marketingdeconteudo.com/marketing-digital/

https://www.infoescola.com/educacao/lei-de-diretrizes-e-bases-da-educacao/

http://www.academia.edu/10222269/Moran_Masetto_e_Behrens_-_NOVAS_TECNOLOGIAS_E_MEDIA%C3%87AO_PEDAGOGICA

 

Este post tem um comentário

  1. Olá, isso é um comentário.
    Para começar a moderar, editar e deletar comentários, visite a tela de Comentários no painel.
    Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar Menu
Contato
close slider

×
×

Carrinho